Paraíba In Line sim sinhô!

Dicas

Materiais, Componentes e Peças

Veja mais em: Partes de um patins

Botas – Podem ser Softboot (botas macias) ou Hardboot (botas duras). As hardboot são usadas em patins de recreação, alguns de slalom e quase todos de radical; são caracterizadas por serem de plástico reforçado. As Softboot podem ser de nylon, couro ou outro material e se assemelha a um tênis.

Rodas – As rodas de patins são feitas de um composto chamado poliuretano. A cor da roda nada mais é que o corante usado na fabricação, que facilita muitas vezes a dureza da roda (mais macia ou mais dura). Não existe roda de silicone ou de gel, as rodas ficam transparentes por esta ser a cor do composto. Elas variam entre 64mm e 76mm para recreação, 76mm e 100mm para fitness, 50mm e 60mm para radical, 90mm e 110mm para velocidade e 76mm a 84mm para slalom. A dureza da roda também pode influenciar em performance e durabilidade. Numa superficie lisa, uma roda mais dura terá mais velocidade e maior durabilidade (porém menos estabilidade). Numa superfície irregular, uma roda mais macia dá maior conforto ao patinador, porém menor durabilidade. A dureza é informada na roda, acompanhada pela letra A. Por exemplo, uma roda com dureza 85A é mais dura que uma roda com dureza 78A.

Rolamentos – São identificados normalmente pela presença da sigla ABEC, que significa “Annular Bearing Engineering Committee”. Os rolamentos com certificação ABEC são classificados entre ABEC 1, ABEC 3, ABEC 5, ABEC 7 e ABEC 9. Os rolamentos ABEC são rolamentos de precisão, sendo os ABEC 9 fabricados no mais alto padrão de precisão, sendo os ACEC 1, os de menor precisão. A diferença física (o que não podemos afirmar quanto a qualidade do rolamento) entre os ABECs não influencia em NADA a velocidade, a não ser que o patinador esteja a uma velocidade superior a 500km/h (o record de Downhill está na faixa de 100 km/h!). As diferentes tolerâncias no sistema ABEC são destinadas a máquinas de alta rotação (acima de 32000rpm). As quatro perguntas da classificação ABEC são: O quanto o diâmetro do orifício central do rolamento é próximo de 8mm (em microns), o quanto o diâmetro total do rolamento é próximo a 22mm (em microns), o quanto a largura entre o limite interno e o externo é próximo de 7mm (em microns) e a precisão da rotação (em microns). Bom, agora que não temos mais o mito para atrapalhar, podemos ajudar a escolher o rolamento ideal. O mais importante é atentar para o fabricante dos rolamentos, o material utilizado na fabricação, o lubrificante e a quantidade de bilhas. A melhoria do desempenho de um rolamento no patins está principalmente ligado a fricção. Quanto melhor o lubrificante, menos fricção, materias como cerâmica diminuem a fricção, quanto menos bilhas, menos fricção, etc. Para tanto, em busca de performance, opte por um rolamento de série especial, desenvolvido exclusivamente para patins ou para skates, sem se preocupar com a classificação ABEC. Os mais usados para este fim são os rolamentos fabricados com a metodologia de precisão suiça (swiss precision), que nem classificação ABEC têm. Os melhores rolamentos em termos de velocidade são os Ceramics.

Bases – Bases curtas ajudam na agilidade e poder de manobra do patins; bases longas ajudam no equilíbrio e na velocidade do patins. Bases de plástico podem empenar ou amolecer com o tempo, até mesmo com o peso de um adulto normal, especialmente em locais quentes (calor 40 ºC no Rio de Janeiro!). Este fenômeno faz com que o desempenho do patins caia consideravelmente. As bases de alumínio (alumínio aeronáutico) não sofrem com este efeito, além de serem mais firmes e gerantirem uma resposta mais precisa do patins. Recomenda-se sempre que possível o uso de bases de alumínio aeronáutico. O ideal é que o patins tenha a furação padrão 165mm, UFS (Universal Frame System) ou não, pois as bases são intercambiáveis com bases de corrida, gelo e radical, por exemplo. Caso a base não obedeça este padrão, ela só é substituível por ela mesma, e caso seja rebitada (presa a bota), o patins fica inutilizado em caso de quebra ou defeito. Sempre que possível compre um patins com base intercambiável, ainda que você não ache necessário hoje.

Avaliando e escolhendo o patins

  • Depois de decidir qual o tipo de patins a ser utilizado, o próximo passo é experimentar todos os modelos que se encaixam no seu perfil de compra.
  • Leve sempre com você uma meia. Caso esqueça, peça ao vendedor que lhe empreste uma, até porque 1mm pode ser a diferença entre conforto, folga ou aperto!
  • Existe um MITO de que deve-se comprar um patins dois tamanhos maior do que o pé da pessoa. Este fato não procede! Não dê ouvidos!!! Observe as dicas abaixo para acertar na compra de seu patins.
  • Peça SEMPRE o seu número como se fosse a compra de um tênis. Caso fique folgado ou apertado, aí sim, começe a fazer ajustes, pedindo para experimentar um patins maior ou menor, até achar o tamanho certo. Assim como os tênis, bermudas e outras coisas, existem formas maiores, menores, mais estreitas, mais largas, variando de marca para marca, fabricante para fabricante …
  • Ao calçar o patins, posicione o calcanhar o mais atrás que conseguir, e daí então, prenda o cadarço, a presilha ou velcro do calcanhar e a presilha da canela. A tendência natural do pé é ir para frente ao calçar um patins, portanto temos que forçá-lo para trás antes de prendê-lo. Caso o patins não tenha a presilha ou o velcro que prende o calcanhar, opte por outro modelo. Esta é a amarração mais importante do patins! Existe alguns modelos no mercado que não vêm com nada para segurar o calcanhar.
  • Levante a perna segurando o patins no chão. Este teste é para verificar se o calcanhar não está solto. Caso esteja solto, verifique se o patins está preso corretamente ao pé, presilhas, velcro, cadarço… Se mesmo após os ajustes o calcanhar continuar solto, opte por outro modelo ou tamanho.
  • Verifique se há mobilidade nos dedos do pé. O ideal é que haja mobilidade mas sem ter um vão muito grande entre os dedos e a ponta do patins. Se o espaço for muito grande, o patinador perde controle proporcionalmente.
  • No caso de crianças, procure um patins com tamanho ajustável, pois assim o patins estará sempre no tamanho correto. Caso opte por um outro modelo sem regulagem, compre o mais próximo possível do tamanho real do pé da criança e compense este vão com o uso de mais meias ou de bolsa de algodão na ponta do patins.
  • Um patins muito grande no pé gera bolhas, feridas, desconforto e requer um esforço excessivo para fazê-lo andar. Um patins muito apertado gera extremo desconforto, feridas e calos.
  • Normalmente a espuma interna de um patins não cede como em um tênis, porém há excessões. Se o desconforto for em cima do pé, logo atrás da articulação dos dedos, use bolas de jornal ou papel para alargar a área e deixe pernoitar, alguns desconfortos laterais, apertos no calcanhar e na canela também vão embora com o uso.
  • O patins que fica bem em você pode não ser o melhor patins para outra pessoa e vice versa. Portanto a opinião mais importante na compra de um patins é a sua!
Fonte: Rio In Line
Fotos e Adapt.: paraibainline.wordpress.com

9 responses

  1. are

    gostaria de aprender a andar de patins e queria saber se você conhece alguém que dê aulas ara indicar.

    19/09/2013 às 7:18 pm

    • Luciana

      Alguém conhece um professor de patins em Sampa ?

      29/09/2013 às 11:43 pm

  2. Thiago

    Olá, existe algumas exigências de um patins agressivo para praticar vertical? Por exemplo: 2 ou 4 rodas em cada patins? Rodas de 60 ou 56mm? Quais são as marcas mais usadas para prática de inline vertical?

    04/11/2012 às 4:12 pm

    • vc pode usar qualquer patins aggressive que lhe agrade e conforte.. quanto as rodas, quanto maiores, mais velocidade voce vai adquirir..

      abraço!

      10/11/2012 às 4:07 am

  3. kettelin

    Queria um professor de roller em Joao Pessoa. Alguem conhece algum?

    30/01/2012 às 4:38 pm

  4. Ilaria

    Devo dar de presente uma um Patins
    Qual é melhor Belsports ou Long Jump todos 2 com o mesmo preço, qual comprar?…qual é a melhor?.. um destes do link, com o preço 199,00

    http://www.shoppydoo.com.br/precos-bicicletas-bicicleta–p33.html

    30/11/2011 às 4:38 pm

  5. W.Junior

    em qual lugar de jampa tem loja de patins pra eu comprar meu patins? tou querendo começar agora e não sei onde comprar patins!

    16/07/2011 às 6:15 am

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 360 outros seguidores